Test é para os fracos

Em novembro fiz mais uma palestra sobre teste unitários só que agora com o titulo da palestra bem diferente "Test é para os fracos", o motivo desse titulo é para deixar a palestra mais dinâmica pois escrever teste não é uma tarefa muito simples no primeiro contato.

Tem muitas pessoas que acha que escrever teste não garante que o software não tem bug, isso é claro, mas vamos encarar o problema quando quando tiver que mudar o software, caso ele esteja como teste na parte onde esta sendo implementado novas funcionalidade e venha quebrar ai sim vamos dar valor aos teste.

Uns dos tópicos da minha palestra é como acostumar a escrever teste, geralmente não é um trabalho muito simples, quando começamos a praticar técnicas de desenvolvimento de software como TDD é um trabalho muito chato pois não temos experiencia e nem costume de escrever um teste para depois implementar o software passar na quela teste, vendo este cenário podemos chegar a conclusão que muitos desenvolvedores não sabe realmente o que precisa ser desenvolvido e com isso fica ainda mais complicado de praticar TDD.

Antes de desenvolvermos um software a primeira coisa é saber o que o software vai fazer, só assim a pratica de TDD começa e ficar mais fácil e fluente, uma dica que dou para quem começa da implementa camada de teste unitário em um projeto é participar de Coding Dojo e de PythonStorm (Ideia do nosso amigo Rodolpho Eckhardt) onde é reunido um grupo para fazer para bater um papo sobre tecnologia (Python) e falar sobre melhores praticas.

Esse é referente aos primeiros slides da palestra, vou escrever as próximos slides no próximos webposts.

Link dos slides da palestra: http://www.slideshare.net/avelinoo/test-para-os-fracos